ENTRETENIMENTO

Musical – “Zeca Pagodinho – Uma História de Amor ao Samba”

 zecapeça

Ano 2017

“Zeca Pagodinho – Uma história de amor ao samba” pretende não só homenagear Zeca Pagodinho, um grande ídolo da música brasileira, mas também prestar um tributo aos brasileiros através de um personagem extremamente popular, querido e que representa o povo em sua essência. Com grandes batalhas diárias, mas que não perde o bom humor e o jeito leve de levar a vida, cheio de fé e de esperança em seu dia-a-dia.

A peça narra a trajetória do nosso herói suburbano, o anônimo e homem do povo, Jessé Gomes da Silva Filho, que está embarcando no trem do samba rumo à “Estação Sucesso”. No primeiro ato contamos a construção do caráter do nosso herói, enquanto que no segundo, mostramos a forma como este homem do povo lida com a avalanche do sucesso e da fama, mantendo-se sempre fiel às suas origens. Para muitos, esta fidelidade é a verdadeira razão da sua popularidade e da sua vitória como artista. Nosso herói levou o subúrbio do Rio de Janeiro para o mundo e fez o mundo todo se tornar carioca, mais suburbano…mais Xerém!


Zeca Pagodinho na Argentina

zecar

Ano 2014

A Dannemann Entretenimento completou uma nova jornada e levou Zeca Pagodinho para Argentina. O show, que faz parte da comemoração dos 30 anos de carreira do cantor, foi realizado no Casino Iguazu, na cidade de Puerto Iguazu, em novembro de 2014. No show, o sambista colocou os argentinos para sambar, levando todo seu samba, ritmo e malandragem para o palco.

Músicas como: “Camarão Que Dorme a Onda Leva”, “Samba Prás Moças”, “O Dono da Dor”, “Brincadeira Tem Hora”, “Vou Botar Teu Nome na Macumba”, “Caviar” entre outros tantos sucessos embalaram a noite, em uma compilação de grandes sucessos. Com uma grande banda e um samba rasgado o cantor não deixou ninguém sentado plateia.


DVD ”Sururu na Roda – Ao Vivo” (EMI Music)

sururu

Ano 2013

Com uma trajetória de talento marcada pela originalidade, público cativo e o equilíbrio entre juventude e maturidade conquistado ao longo de sua carreira musical. O quarteto Sururu Na Roda, formado por por Nilze Carvalho, Fabiano Salek, Juliana Zanardi e Sílvio Carvalho, lançou, em 2013, com produção da Dannemann Entretenimento, o DVD e CD Sururu Na Roda Ao Vivo.

“O projeto contempla a tal Geração Lapa pelo viés da história do samba quando o gênero já há muito não nasce mais, necessariamente, da base da sociedade ou das comunidades pobres dos morros cariocas”, diz Ricardo Moreira, diretor artístico do Sururu na Roda Ao Vivo, referindo-se ao tradicional bairro da boemia carioca.

A apresentação foi gravada no dia 31 de julho de 2012, no Espaço Tom Jobim, Rio de Janeiro, e contou com um misto de releituras emblemáticas e composições próprias do grupo. Dentre as 21 performances do show, seis são de autoria do Sururu na Roda que ainda contou com de participações de Dona Ivone Lara, Monarco da Portela, Diogo Nogueira e Péricles.


Zeca Pagodinho em Las Vegas

zecalv

Ano 2013

Dannemann Entretenimento levou Zeca Pagodinho para Las Vegas. Em uma mistura deliciosa da cidade, meca do show business internacional, com o samba tipicamente carioca de Zeca.

Dono de quatro prêmios Grammy e com milhões de discos vendidos, Zeca é um dos mais populares e importantes artistas brasileiros e, no dia da independência de seu país, 7 de setembro, alegrou a noite americana com seu show em um dos hotéis mais charmosos da cidade, o Wynn Las Vegas, de Steve Wynn

 

 

 


Breve Encontro

breveencontro

Ano 2011

“Breve Encontro” conta a história de Laura – vivida pela premiadíssima atriz Carla Ribas – a mais comum das personagens, mãe, esposa dedicada, que certo dia depois do jantar senta-se junto ao marido e começa a contar para ele a história de paixão dolorida, tórrida e cruel que acabara de viver com Alec.

A peça, uma livre adaptação de uma história do ator, compositor e dramaturgo britânico Noel Coward, se passa na Inglaterra no início do século 20. Como o título demonstra, trata-se de um breve encontro que muda a vida de uma típica dona de casa e de um médico, que vivem uma intensa paixão. Este é um espetáculo para falar daqueles breves e inesquecíveis encontros que temos na vida. Breves por serem raros. Essenciais. Instantâneos. Faísca. Um átimo capaz de iluminar, justificar e encher de energia uma vida.


A Lição & a Cantora Careca

cantoracareca

Ano 2011

Comédia em um único ato, A Cantora Careca, é considerada a primeira das obras da corrente estética teatral surgida após a Segunda Grande Guerra, batizada Teatro do Absurdo. Escrito em 1949 foi o também o primeiro texto do dramaturgo francês Eugène Ionesco (1909 – 1994). Considerada pelo autor como uma “anticomédia”, a peça lança mão da palavra enquanto objeto, tornando palpável algo que é ao mesmo tempo é abstrato, pois é a principal característica do texto o surrealismo verbal.

De forma interessante, A Cantora Careca, foi criada a partir de um livro-texto para o ensino da língua inglesa, onde mostrava um casal em diálogos absurdos, informando um ao outro que eram ingleses, tinham três filhos, viviam em Londres, tinham uma empregada chamada Mary, inglesa como eles, que o teto ficava em cima e o chão embaixo, que a semana tinha sete dias, e que se chamavam Smith.

O foco central da peça é a linguagem, fazendo uma referência a um tenebroso futuro para as relações humanas, e consequentemente da comunicação: a impossibilidade de diálogo entre as pessoas.


Roberta Spindel – Dentro do meu olhar (Universal Music)

roberta

Ano 2010

Das casas de shows ao lado de expoentes da MPB como: Sandra de Sá, Luis Melodia, George Israel, Diogo Nogueira e Rodrigo Santos, passando por algumas apresentações em seriados na televisão, até os palcos do teatro, primeiro no musical “Cazuza – jogado aos seus pés” – e depois no papel de Julie do grande sucesso “Por Uma Noite – um sonho nos bastidores da Broadway”, Roberta Spindel conquistou seu espaço no cenário musical. E lhe rendeu o convite para gravar seu primeiro CD solo em Los Angeles, no NRG Recording Studios e EastWest Recording Studios.

Com produção de Max Pierre e músicos como o baixista Neil Stubenhaus, o baterista Vinnie Colaiuta, o violonista Ramon Stagnaro, o guitarrista Tim Pierce, entre outros. E contou ainda com o renomado engenheiro de áudio e multi-ganhador de Grammys, Moogie Canázio e a participação do cantor Caetano Veloso. O artista foi surpreendido com a gravação da canção “Como Dois e Dois”, de sua autoria, e prontamente aceitou o convite para dividir a faixa com a cantora.

No repertório, além de Caetano Veloso, músicas de Gilberto Gil, Djavan, Nei Lisboa, Maurício Gaetani, a regravação da consagrada “And I am telling you, I´m not going”, que rendeu o Oscar para Jennifer Hudson, e ainda “Can´t Help Falling In Love”, interpretada por Elvis Presley na trilha sonora de Blue Hawai, um dos maiores sucessos do artista, e que agora ganha um magnífico arranjo vocal de Kenny O’Brien.

 

 


Por uma Noite – O Musical

porumanoitepeça

Ano 2009/2011

Estrelada por sete atores e oito bailarinos, a peça conta a saga de um grupo de músicos jovens que atuando na orquestra do Fantasma da Ópera, no ano de 2005 em Nova York, se envolve na missão de produzir e protagonizar um musical consagrado na Broadway. O espetáculo faz um passeio por 12 gloriosas montagens das últimas décadas, como: O Mágico de Oz, Rent, A Chorus Line, Fantasma da Ópera, Mamma Mia, Dreamgirls, Chicago, Hairspray, Jersey Boys, Grease, Hair e a Pequena Sereia. Por Uma Noite – Um Sonho nos Bastidores da Broadway é uma adaptação para o teatro do livro homônimo de Luiz F. Filgueiras, feita por Victoria Dannemann.

“Por uma noite é um tributo ao teatro musical americano, que abriga todas as artes do mundo; desde os maestros que conduzem as partituras, aos bailarinos que revelam a alma das coreografias; dos atores que se entregam aos personagens aos artistas dos bastidores que produzem o colorido das cenas”, afirmou Victoria Dannemann.

 


LIVRO – “POR UMA NOITE – Um sonho nos bastidores da Broadway”

porumanoitelivro

Ano 2009

O Livro conta a história de um grupo de músicos jovens que se envolve na missão de produzir e protagonizar um musical consagrado. Sua adaptação para o teatro teve estreia em outubro de 2009, no Teatro das Artes (Shopping da Gávea), e seguiu em cartaz por dois anos pelo Rio de Janeiro.


Lançamento da edição brasileira do livro “Guerra e Paz”

guerraepaz

Ano 2008

Este livro fez parte da comemoração dos 90 anos do mestre Enrico Bianco e conta a história e a trajetória dos célebres painéis de Cândido Portinari, uma das mais importantes obras de todos os tempos, concebido no ano de 1955, e que contou com a dedicada colaboração de Bianco, um de seus mais valorosos e estimado amigo.
Os painéis são símbolos da extensa produção de Cândido Portinari, cada parte dos murais que formam ‘Guerra e Paz’ pontuam o ápice de sua obra. “Os painéis Guerra e Paz representam sem dúvida o melhor trabalho que eu já fiz. Dedico-os à humanidade”, declarou o pintor sobre a encomenda do Governo Brasileiro, entregue como presente à Organização das Nações Unidas.