Zeca Pagodinho – O Musical

Musical Zeca @Victoria Dannemann 28

“Zeca Pagodinho – Uma história de amor ao samba” pretende não só homenagear Zeca Pagodinho, um grande ídolo da música brasileira, mas também prestar um tributo aos brasileiros através de um personagem extremamente popular, querido e que representa o povo em sua essência. Com grandes batalhas diárias, mas que não perde o bom humor e o jeito leve de levar a vida, cheio de fé e de esperança em seu dia-a-dia.

A peça narra a trajetória do nosso herói suburbano, o anônimo e homem do povo, Jessé Gomes da Silva Filho, que está embarcando no trem do samba rumo à “Estação Sucesso”. Existem dois planos na montagem. O primeiro, do palco, mítico e lendário, conta a saga do nosso Macunaíma do subúrbio. O segundo plano, do vídeo, é vivido pelo próprio Zeca Pagodinho no tempo atual, observando comentando e interagindo com seu duplo Jessé. Entre esses dois planos há total liberdade de tempo e espaço: o primeiro segue o estilo modernista de Mário de Andrade e o segundo uma linguagem mais pop/multimídia à la Andy Warol ou Hélio Oiticica, este último famoso pelo slogan Seja Marginal, seja herói – marginal no sentido de quem vive à margem, excluído socialmente, como nosso herói.

E, para contar a história de um mito tão popular da música, nada melhor do que recorrer ao nosso gênero de teatro mais popular, o Teatro de Revista, com sua irreverência e bom humor. Na revista a narrativa é dividida em quadros temáticos, enquanto em nossa peça, as estações desse trem alegórico e poético, cumprem a mesma função. No primeiro ato contaremos a construção do caráter do nosso herói, enquanto que no segundo, mostraremos a forma como este homem do povo lida com a avalanche do sucesso e da fama, mantendo-se sempre fiel às suas origens. Para muitos, esta fidelidade é a verdadeira razão da sua popularidade e da sua vitória como artista. Nosso herói levou o subúrbio do Rio de Janeiro para o mundo e fez o mundo todo se tornar carioca, mais suburbano…mais Xerém!

Este Musical é sobre um homem do povo e para o povo! E como disse certa vez uma amiga de Zeca: Nos Ferram, nos ferram, nos ferram, mas a gente ainda consegue ter um capítulo bom. Um final que seja legal e divertido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s